Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pés na Terra, Cabeça na lua

Para ler e sentir.

Pés na Terra, Cabeça na lua

Para ler e sentir.

A mudança está no SER

WhatsApp Image 2021-03-22 at 21.07.48.jpeg

Boa noite!

Nesta segunda feira, dia da lua, apeteceu-me partilhar convosco uma reflexão minha. Apeteceu-me reflectir sobre mudanças.

É um tópico que não me é nada estranho, na verdade. Sempre gostei de mudanças. E para ser honesta acho que sempre precisei delas. Sou aquele tipo de pessoa que precisa de estímulos, e que quando não recebo esses estímulos me sinto estagnada. Talvez até demais, não sei. Por isso nunca foi algo que receasse. No entanto, dentro do tema "mudanças" existem diferentes categorias. Existem mudanças de diversos estilos: pequenas ou grandes, radicais ou subtis, no exterior ou no interior. 

Não é mentira nenhuma que muito gente anda descontente com a sua vida, com a sua situação, ou com o mundo. Especialmente com o mundo, arrisco-me a dizer. Posso estar errada claro, e aceito isso.

No entanto, após muitas horas de reflexão e meditação ao longo destes últimos dois anos cheguei a uma conclusão. Uma conclusão que só veio confirmar aquilo que já me tinha sido dito, e que já tinha lido, e que tinha posto dentro da caixinha dos "clichês": a mudança começa de dentro para fora.

É verdade, é uma frase super clichê!!! E por isso pode ser muitas vezes subvalorizada e descredibilizada. Mas não podia ser mais verdade. Claro que podemos estar sempre dependentes das mudanças exteriores para alcançarmos a nossa felicidade, mas aí dificilmente encontraremos essa tal felicidade. Por conseguinte, acabamos por cair em loops de vitimismo e queixume, por culpar os outros, por culpar o mundo. É o que acontece quando dependemos demasiado do exterior. 

Mas a verdade é, que quando decidimos mudar alguma coisa, - seja um hábito, um padrão, ou algo que inconscientemente sabemos que temos de mudar - e nos comprometemos a isso, tudo começa a mudar. Nós mudamos, e a nossa realidade muda. Temos de ser nós a começar a mudança que queremos ver. Queres que o mundo se torne um lugar melhor, com mais respeito, e amor? Começa por fazê-lo contigo, cria esse mundo na tua realidade. E se todos fizermos isso, todos estamos a contribuir para essa mudança.

Um pequeno gesto muitas vezes pode ser o suficiente para causar um grande impacto. O Efeito Borboleta retrata isso mesmo: o bater das asas de uma borboleta aqui pode causar uma tempestade num outro lugar longínquo. Portanto, nada passa despercebido. Nenhum gesto é esquecido. E nunca é tarde para iniciar a mudança, ela nunca será em vão. E também não precisa de ser radical; as pequenas coisas já fazem a diferença. 

"(...) If we could change ourselves, the tendencies in the world would also change. As a man changes his own nature, so does the attitude of the world change towards him (...)" - Mahatma Gandhi

 

Love,

Di

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub